detonado Darksiders

Ir em baixo

detonado Darksiders

Mensagem  Convidad em Sex Mar 11, 2011 4:28 am

Detonado Darksiders
Darksiders: Wrath of War é um jogo eletrônico desenvolvido pela THQ e Vigil Games para os consoles Playstation 3 e Xbox 360 e para a plataforma PC. Foi lançado no dia 5 de janeiro de 2010 nos Estados Unidos. A versão para plataforma Windows foi lançada no dia 23 de setembro de 2010. É do gênero ação e vem sendo muito comparado com outros do gênero, principalmente God of War. Apesar das comparações, fez muito sucesso, vendendo nas primeiras quatro semanas por volta de 1,2 milhão de cópias originais ao redor do mundo.

História

A história do game acontece antes do apocalipse da Terra, com anjos e demônios lutando entre os humanos restantes do mundo. Você será War, um cavaleiro apocalíptico. A parte intrigante da história é que o protagonista não quer ficar de nenhum dos lados na batalha. Não há mocinhos contra bandidos, apesar de ser uma batalha anjos versus demônios. War está simplesmente tentando recuperar aquilo que se perdeu com o fim dos humanos: os poderes que deram a ele o seu intimidante nome.

Início do Game
No começo o Reino do Céu e o Reino do Inferno lutavam uma guerra sem fim. O conflito atraiu o Conselho Carbonizado, uma entidade vinculada por leis antigas para preservar ordem e equilíbrio. O Conselho considerou que qualquer grande poder sem controle seria uma ameaça ao tecido do universo. O Conselho tinha uma irmandade quatro poderosos cavaleiros sob seu controle e os usou para que o Céu e o Inferno o honrem o conselho e suas leis pois ninguém era mais poderoso que os quatro cavaleiros. Em meio ao tumulto os primeiros humanos emergiram. O Conselho prediz que os humanos um dia seriam parte da balança. Então o terceiro reino foi criado, o Reino dos Homens. Por ordem do conselho foi forjada uma trégua entre o céu e o inferno, para que a humanidade se prepare. Um grande pacto foi feito e vinculado a sete selos, para serem quebrados quando Reino dos Homens estiver pronto para a guerra do apocalipse. O pacto dizia que quando os sete selos fossem quebrados Céu e Inferno voltariam a terra para guerrear outra vez, os quatro cavaleiros cavalgariam novamente e os três reinos seriam julgados

Nos dias atuais, os exércitos do Céu e do inferno caem na terra e começa a batalha final, as duas forças, destruindo tudo em seu redor. No meio do caos um dos quatro cavaleiros, Guerra, é convocado para a Terra para trazer a ordem. Durante a luta contra os demônios e os anjos, Guerra encontra Abaddon, o líder das tropas do Céu.

Straga, um poderoso demônio, surge a partir do solo e esmaga Abaddon. Guerra enfrenta Straga e é derrotado. Ele é salvo da morte e enviado ao Conselho Carbonizado, que o acusa de trazer a guerra do Apocalipse prematura-mente e de se aliar ao Reino do Inferno, destruindo os anjos e a humanidade. As leis do Conselho dizem que a pena para tais infrações é a morte, mas Guerra afirma que foi invocado e exige uma chance de provar o que diz e encontrar e punir o responsável, para enfim restaurar o equilíbrio. O Conselho concorda com a condição de que ele será vinculado a um dos seus detentores, O Observador, que tem o poder de matar Guerra caso ele se afaste da sua missão.

Ao retornar à Terra, Guerra descobre que ele se foi há um século. Liderados pelo senhor dos demônios, conhecido como “O Destruidor”, as forças do inferno foram vitoriosos em aniquilar os exércitos do Céu, da qual só sobrou uma resistência pequena, conhecida como a Guarda do inferno, liderada pela anja Uriel. Toda a humanidade está morrido ou se transformou em zumbis e a Terra está em ruínas.

Ao negociar com o demônio comerciante, Vulgrim, Guerra descobre que o Destruidor se esconde na Torre Negra é aconselhado a procurar Samael, que já foi quase tão poderoso quanto o príncipe das trevas, em busca de assistência para entrar na Torre. Samael explica que há quatro demônios escolhidos para proteger a entrada da Torre Negra, e ele pede Guerra para matá-los e trazê-lo seus corações em troca de acesso à torre. No caminho para matar o segundo escolhido Guerra encontra Ulthane, um dos antigos, e ganha seu respeito após ajuda-lo a proteger seu jardim do ataque de Uriel e sua Guarda do Inferno, que procurava matar Guerra, já que eles acreditam que os rumores de que ele causou a Apocalipse. Quando a guerra vai matar o ultimo escolhido, Slithia, ela o conta que os escolhidos não protegem a entrada da Torre Negra e seu verdadeiro propósito é impedir Samael de recuperar seus antigos poderes . Guerra entrega os corações dos quatro escolhidos a Samael que, ao receber o coração final, Samael ainda se mantém fiel à sua palavra e envia Guerra para a Torre Negra, dizendo que eles se encontrarão novamente.

Na Torre, Guerra encontra Azrael, o Anjo da Morte, que foi preso lá. Azrael confessa que ele e Abaddon conspiraram para trazer o apocalipse à frente do tempo, com medo de que se a trégua demorase mais o Reino do Céu seria derrotado. No entanto, o plano se desfez com a morte do Abaddon. Depois de ouvir isso, Guerra decide que sua missão está completa, pois ele descobriu o culpado, que esta morto. O Observador discorda, dizendo-lhe que o equilíbrio deve ser restabelecido. Guerra viaja ao coração da Torre Negra, onde ele enfrenta e mata Straga, assim, vingando a sua derrota anterior. Azrael, agora livre, salva Guerra enquanto a Torre desaba devido à morte de Straga, e o leva ao Jardim do Éden, que por muito tempo foi dado como destruído. Lá, Azrael diz a Guerra que a Árvore do Conhecimento pode revelar-lhe como ele pode derrotar o destruidor.

No Éden, Guerra visita a Árvore, que lhe dá uma visão: Abaddon ,depois de morto, foi levado para o inferno e uma mulher desconhecida lhe oferece uma escolha: Servir no Céu ou no Inferno reinar. Abaddon escolheu a segunda opção e se transformou no Destruidor. Ele então pegou o Sétimo Selo, que agora guarda. A visão também prevê que o destruidor planeja em atacar Céu; Uriel vai então liderar a Guarda do Inferno contra o Destruidor, e ser derrotada. O Conselho Carbonizado previu estes acontecimentos, e concluiu que somente um cavaleiro poderia parar os conspiradores, mas sabia que eles nunca se abaixam para se tornarem meros assassinos, assim que a guerra do apocalipse se inicia, o Conselho convoca Guerra para poderem acusá-lo, sabendo que ele iria fazer tudo em seu poder para limpar seu nome. Guerra também tem uma visão de si mesmo sendo atacado pelo observador e depois sendo apunhalado pelas costas por uma espada grande e mística. Azrael deduz que a espada na visão de Guerra foi a lamina do Armageddon, a espada que Abaddon usou para quebrar os selos e a unica arma capaz de matar o Destruidor, e dá a Guerra a tarefa de encontrar os pedaços da lâmina e levá-los para Ulthane para reforjar-la.

Guerra se encontra mais uma vez com Uriel, e os dos fazem o Nex Sacramentum, uma luta até a morte, em que um dos dois deve necessariamente morrer pela mão do outro. Guerra sai vitorioso e escolhe não matar Uriel, apesar da insistência do Observador. Guerra promete Uriel que sua morte será em um momento de sua escolha.

Após Guerra recolher todos os fragmentos da espada, ele retorna para Ulthane para que ele possa forjar a lamina do armageddon novamente. Enquanto isso, Uriel e a guarda do inferno se defendem do Destruidor, e, como previsto, eles falham. no fim da batalha, Guerra econtra o Destruidor, e lhe é dada a opção de se juntar a ele. Guerra nega e enfrenta o Destruidor novamente, que reverte para Abaddon quando Guerra destrói sua forma demoníaca com a lâmina. Guerra, em seguida, duela com o anjo, finalmente derrotando e matando Abaddon.

Guerra recupera o Sétimo Selo, mas é interrompido pelo Observador, usa o poder dado a ele pelo Conselho para torturar Guerra e roubar o selo, sabendo que ele iria se voltar contra o Conselho. Quando o Observador está prestes a mata-lo, Uriel apunhala Guerra pelas costas com a lamina do armageddon, concretizando a visão da arvore e cumprindo o Nex Sacramentum. Em seguida, ela quebra o Sétimo Selo atacando o Observador, retornando Guerra à sua plena força. Agora, livre do controle do observador, Guerra esmaga sua cabeça matando-o.

Uriel avisa Guerra que seu dever a fará caça-lo. Como Guerra está prestes a partir, Uriel aponta que as forças do Céu irão caçalo, bem como aqueles leais ao Conselho Carbonizado, e que o Inferno o odeia. Perguntando-lhe se ele vai travar esta nova guerra sozinho, Guerra vira para ela e diz: “Não. Não sózinho.” Guerra, segurando os restos do Sétimo Selo, observa três meteoros despencar em direção à Terra, anunciando a chegada dos três Cavaleiros restantes.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum